powered by
Seu assessor de family office
Seus investimentos estão indo no rumo certo?
Que tipos de ativos necessitam supervisão?
Você está satisfeito com o seu gerente de patrimônio atual?
Nós ajudaremos você a encontrar o melhor multi-family office

Investimentos de Family Office

Embora seja simplificar demais dizer que a atividade principal de um family office seja a gestão e a tomada de decisão sobre investimentos, não se pode negar que a maioria dos multi-family offices tem como atividade principal o gerenciamento de investimentos.

Dúvidas?

Fale conosco:

+41 58 819 65 50
info@switzerland-family-office.com

Leia mais, ou entre em contato conosco agora para mais informações.


Na maioria dos casos, os serviços financeiros prestados não vão além da gestão das suas contas bancárias privadas e portfólios de investimentos, mas um número limitado de multi-family offices também se especializa em outros tipos de investimentos, tais como consórcios de investimento (club deals), co-investimentos, investimentos de impacto e private equity. A seguir, você encontrará uma breve definição dos tipos de serviços de investimentos menos comuns prestados por family offices.

Conteúdo:

  1. Investimento-anjo
  2. Consórcios de investimento
  3. Co-investimentos
  4. Fundos hedge
  5. Investimentos de impacto
  6. Investimentos de paixão (ativos troféu)
  7. Private equity
  8. Investimentos reais
  9. Capital de risco


Investimento-anjo

O investimento-anjo acontece no início de um ciclo de investimento. Um investidor anjo fornece o capital inicial necessário para que os empreendedores, geralmente jovens, iniciem seu negócio, produto ou serviço fornecendo, por exemplo, recursos adicionais para mais pesquisas, desenvolvimento de protótipos etc. Como o investimento-anjo é realizado no estágio mais inicial do negócio, a fase de startup, os valores envolvidos nem sempre são muito altos. Também não é incomum que o investimento-anjo seja feito por alguém do círculo social do empreendedor.

Com o número crescente de jovens empreendedores focados em novas tecnologias com retornos potencialmente altos, a tendência é que o investimento-anjo se torne uma categoria de investimento real. O investidor anjo normalmente visa a aquisição de capital da empresa ou dívida conversível.


Consórcios de investimento

Consórcios de investimentos são investimentos em empresas privadas (ou outros objetos de investimentos) feitos em conjunto por dois ou mais investidores. Originalmente, o termo consórcio de investimento foi utilizado primariamente na indústria de private equity quando duas ou mais empresas de private equity formavam um sindicato para comprar empresas privadas muito grandes para serem adquiridas por apenas um comprador.

Dado que tanto os single quanto os multi-family offices tenham se tornado mais profissionais ao longo do tempo, e diversificado suas abordagens de investimento, há uma tendência crescente para a formação deste tipo de sindicato entre os offices, ou com empresas de private equity, para obter acesso a negócios maiores e os retornos acima da média que geralmente acompanham a aquisição de empresas de propriedade privada.

Embora financeiramente atraentes, os negócios feitos por consórcios podem ser difíceis de administrar dado que uma das partes precisa assumir a liderança e realizar toda a auditoria necessária no objeto do investimento e nos participantes do consórcio, além de executar a transação em nome de todos os investidores.


Co-investimento

Co-investimentos são investimentos feitos junto a um investidor profissional. Os co-investimentos podem ser feitos em diversas categorias de ativos, tais como private equity, imóveis e hedge funds. Por meio de um co-investimento, um investidor pode participar de investimentos que normalmente não estão disponíveis para o público em geral.

Ao contrário dos consórcios de investimentos, os co-investimentos contam com um investidor principal que assume a liderança e realiza o investimento maior. A atratividade dos co-investimentos é o fato de que os investidores secundários podem se beneficiar diretamente da experiência e das transações realizadas pelo investidor principal. Na maioria dos casos, os co-investimentos têm apenas uma estrutura de taxas, o que também os torna atraentes do ponto de vista de custos.


Fundos hedge

Fundos hedge são um veículo alternativo de investimento cujo principal benefício é a flexibilidade. Os fundos hedge podem investir em uma ampla variedade de categorias de ativos (renda fixa, ações, moeda e commodities) e podem ser negociados por meio de posições compradas e vendidas, derivativos e/ou alavancagem. A palavra “hedge” é, portanto, relativamente enganosa uma vez que que muitos fundos hedge não têm proteção contra todos os tipos de riscos, mas demonstram o posicionamento real em relação aos mercados. Estas características permitem que os fundos hedge desempenhem um papel de destaque na alocação de recursos, provendo direcionadores de retorno não correlacionados e reduzindo o risco total de um portfólio.

Os fundos hedge normalmente são divididos entre as seguintes estratégias de investimento principais:

  • Ações de longo//curto prazo, cuja abordagem é adotar posições compradas e vendidas nas bolsas e setores;
  • Macro, cuja abordagem é adotar posições compradas e vendidas com base em considerações macroeconômicas (predominantemente investindo em taxas, crédito soberano e moedas);
  • Valor Relativo ou Arbitragem, cuja abordagem consiste em ter uma exposição de Mercado direcional minima, ou inexistente;
  • Determinada por Eventos, cuja abordagem é tomar posições em empresas afetadas por eventos tais como reestruturações, fusões, empresas subsidiárias e falências.

Não há muitos family offices especializados em investimentos em fundos hedge. Também há pouquíssimos especialistas em fundos hedge entre os bancos privados. O fundador da Union Bancaire Privée, Edgar de Piccioto, é um dos poucos que foram rápidos em reconhecer, ainda no começo da década de 70, o retorno acima da média que os fundos hedge poderiam oferecer a investidores sofisticados.


Investimentos de impacto

Investimentos de impacto são investimentos realizados não apenas para dar retorno financeiro mas também para ter um "impacto". Isto significa que estes investimentos têm uma meta adicional, geralmente de caráter ambiental ou social, que o investidor tenta atingir. Ao contrário da filantropia, ao fazer um investimento de impacto, a meta é obter de volta pelo menos o valor investido, preferencialmente com um rendimento positivo.

Investimentos de impacto são melhor explicados com exemplos, tais como microfinanças. Neste caso, um montante relativemente alto é emprestado a uma organização local, em um país em desenvolvimento, que disponibiliza empréstimos muito baixos para a população local, para começar negócios ou para outros fins. Essas pessoas normalmente não conseguiriam um empréstimo tão pequeno em uma instituição financeira convencional. A parte que fornece o empréstimo inicial visa não somente receber juros sobre o valor emprestado, mas também disponibilizar financiamento para um grande grupo de pessoas que não teria acesso aos recursos de outra forma, possibilitando, assim, o seu sustento. Com esta abordagem, um impacto social é alcançado.

Outros exemplos incluem melhorias no meio ambiente, pesquisas médicas ou o desenvolvimento de soluções energéticas sustentáveis. Investimentos de impacto ocorrem em diferentes categorias de ativos tais como fundos, capital privado, investimentos diretos e empréstimos, e têm foco em diferentes indústrias e regiões.

Um número muito pequeno de multi-family offices, que geralmente também conta com experiência em filantropia, pode ajudar você com investimentos de impacto. Você está em busca de um family office assim? Por favor, não hesite em entrar em contato conosco.


Investimentos de paixão (ativos troféu)

O termo fala por si só: investimentos de paixão são aqueles que não são realizados por seu retorno financeiro, mas primariamente pela "paixão" que o investidor sente pelo(s) objeto(s) em questão. Felizmente, para a maioria das famílias ricas, os objetos pelos quais elas têm tanta paixão também geram ótimos rendimentos.

Exemplos típicos de investimentos de paixão são investimentos em:

  • Obras de artes famosas tais como pinturas
  • Carros clássicos tais como Ferraris ou Bugattis raras
  • Vinhedos
  • Bens Imóveis singulares (propriedades emblemáticas)
  • Hotéis de luxo
  • Clubes esportivos
  • Relógios, pedras preciosas e joias
  • Garrafas raras de vinho ou destilados como uísque e conhaque

Este tipo de investimento às vezes é chamado de ativos troféu, já que um número considerável de investidores não está investindo neste tipo de ativo apenas pela sua paixão por ele, mas também devido ao nível de prestígio que acompanha a propriedade de bens colecionáveis raros. Um excelente exemplo de ativos troféu são os clubes de futebol europeus, que vendem como pão quente e recebem investimentos de bilionários do mundo inteiro.


Private equity

Investimentos de private equity são investimentos realizados em empresas já existentes e em operação (principalmente empresas maduras) que não estão cotadas na bolsa de valores. Investimentos de private equity podem ser feitos em capital ou pelo fornecimento de financiamento (empréstimos). Empresas de investimentos de private equity frequentemente visam a aquisição do controle da empresa na qual estão investindo. Um investidor pode obter exposição em private equity diretamente por meio de empresas de private equity ou por fundos de private equity. Também é possível que family offices façam investimentos diretos em private equity.

Os investimentos de private equity normalmente são investimentos de longo prazo, que visam a geração estável de renda combinada com uma saída definitiva por meio de venda ou IPO. Os gestores de empresas de private equity geralmente exercem muita influência na empresa adquirida. Esta influência muitas vezes é utilizada para reestruturar a empresa de forma considerável.

Embora não seja definitivamente a maioria, um número considerável de multi-family offices tem experiência com investimentos de private equity. Alguns contam com o conhecimento necessário dentro de casa. Outros cooperam estrategicamente com empresas de private equity externas.


Investimentos reais

Investimentos reais são investimentos diretos (sem cotação em bolsa) em bens tangíveis tais como fazendas de leite e florestas, que produzem um retorno direto aos investidores. Investimentos reais são de propriedade totalmente privada, mas administrados profissionalmente. Ao contrário de investimentos financeiros tais como títulos e valores mobiliários negociados na bolsa de valores, investimentos reais são tangíveis, permitindo que os investidores possam visitar o local de seus investimentos.

Dado que investimentos reais são feitos normalmente em necessidades básicas tais como a produção de alimentos, os rendimentos geralmente são constantes e podem ser uma maneira atraente de diversificar um portfólio de investimentos tradicional.

Apenas um número muito limitado de family offices conta com experiência em investimentos reais. Se você está em busca deste tipo de multi-family office, por favor, não hesite em entrar em contato conosco.


Capital de risco

O capital de risco é um investimento direto (financiamento), feito em empresas startup privadas para viabilizar financeiramente o seu crescimento. Investimentos em capital de risco são feitos geralmente em empresas relacionadas à Internet ou à biotecnologia.

A maior parte do capital de risco é fornecido visando o recebimento de rendimentos acima da média quando a empresa for introduzida na bolsa de valores por meio de um IPO, ou comprada por uma empresa já estabelecida (saída).

Todos o nomes bem conhecidos relacionados a novas tecnologias e à Internet, tais como Facebook, Uber, Airbnb e Twitter receberam grandes somas nos seus estágios iniciais, para viabilizar o crescimento de seus negócios, por meio de financiamento de capital de risco. Normalmente, investidores de capital de risco não adquirem o controle (a maioria) da empresa na qual investem.


Sobre a FOSS

Se você tem interesse em trabalhar com um multi-family office que trabalhe com um ou mais dos tipos de investimento mencionados acima, mas tem dificuldade em encontrar um multi-family office com experiência suficiente neste assunto, por favor, entre em contato conosco. Nós podemos ajudar você a encontrar o multi-family office mais adequado, com a experiência específica em investimentos que você procura.

Authores: , & UBP
Este texto é uma tradução. Em caso de dúvidas, por favor consulte o texto original em inglês.
© Direito autoral


Próxima página: Governança familiar →‏