powered by
Seu assessor de family office
Como você administra uma tempestade financeira?
Qual a direção que o seu patrimônio deve tomar?
Qual é a importância de um banco custodiante sólido?
Nosso único interesse são os seus interesses
  • Home › 
  • Private banking

Private banking

Em um mundo em constante evolução, a Suiça tem sido, durante décadas, o centro global de private banking e gestão patrimonial. Embora os serviços de intermediação de um multi-family office estejam centrados em family offices e não private banking, é necessário considerar que um multi-family office não é o serviço ou a solução apropriada para todos.

Dúvidas?

Fale conosco:

+41 58 819 65 50
info@switzerland-family-office.com

Leia mais, ou entre em contato conosco agora para mais informações.


Contratar um multi-family office só faz sentido desde a perspectiva de um montante mínimo de riqueza, e algumas pessoas simplesmente preferem administrar seus próprios ativos, o que significa que querem trabalhar diretamente com um bom banco privado. Nesta página, você encontra informações sobre os antecedentes dos serviços de banco privado na Suíça, e também a quais aspectos se deve estar atento ao escolher o melhor banco privado para você.

Seleção de um banco privado

Com mais de 125 bancos privados localizados na Suíça, e ainda mais fora do país, muitas pessoas enfrentam dificuldades na escolha do melhor banco privado para suas necessidades.

Você deve prestar atenção não apenas à qualidade dos serviços que esses bancos oferecem pois, hoje em dia, questões como segurança, confiabilidade e estabilidade financeira (especialmente a exigência de capital do chamado Tier 1) são pelo menos tão importantes quanto. Você quer trabalhar com uma equipe experiente e bem educada, e o banco deve estar estabelecido em uma jurisdição estável e com boa reputação.

O que é um banco privado?

Um banco privado suiço oferece serviços bancários sofisticados e personalizados de investimento e outros a pessoas físicas ricas. Muitas vezes também atua como banco custodiante para gestores de ativos independentes.

O private banking na Suiça existe há séculos e objetiva a gestão, crescimento e preservação do patrimônio privado. A palavra privado em banco privado tem origem no fato de que esses bancos eram de propriedade de pessoas físicas ou famílias. Esses proprietários eram responsáveis pela guarda dos ativos sob gestão com a totalidade de seus próprios bens. Hoje em dia quase não existem mais bancos privados de verdade. A maioria dos bancos privados mudaram suas estruturas para estruturas corporativas modernas.

A maioria dos bancos privados suíços somente atendem a clientes com USD 1.000.000 ou mais. Clientes com 250.000 a USD 1.000.000 normalmente são atendidos pelos departamentos de atendimento a pessoas com elevado patrimônio financeiro dos bancos privados.

Zurich private banking center in Switzerland

Serviços de banco privado

Os serviços oferecidos pelos bancos privados suíços são únicos. A qualidade e diversidade dos serviços de investimento são inigualáveis. Os banqueiros são altamente qualificados e experientes, e séculos de know-how bancário são passados adiante de geração em geração. Serviço personalizado é o centro do modelo de negócios.

Um banco privado suíço se diferencia de bancos locais (no seu país de origem) devido ao seu conhecimento e experiência em investimentos e classes de investimento (ativos) no mundo inteiro. Um banco privado suíço não tem apenas conhecimento sobre os títulos negociados na sua bolsa de valores local, mas também pode aconselhar sobre títulos negociados em todas as outras bolsas internacionais. O banco privado emprega especialistas do mundo inteiro, cada um com seu foco específico em termos de classes de investimento (ou classes de ativos), tais como fundos hedge, capital próprio, metais preciosos, câmbio ou obrigações de mercados emergentes.

Na maioria dos bancos privados você pode escolher entre três modelos de serviço diferentes:

  • Um mandato discricionário: o banco administra seus bens de forma independente de acordo com o seu perfil de investimento;
  • Um mandato de aconselhamento de investimentos: o banco orienta e aconselha você sobre investimentos, mas as decisões finais sobre investimentos são suas;
  • Somente execução: o banco apenas executa suas ordens de investimento mas não atua como assessor.

Suíça como jurisdição estável para bancos privados

A Suíça (em EN) é famosa pelo seu setor de bancos privados. Hoje em dia, clientes escolhem a Suíça como seu lugar de negócios bancários privados em razão da sua diversificação geográfica, segurança, confiabilidade, estabilidade política e excelentes serviços.

A origem da Suíça remonta a mais de 700 anos. Desde 1848, a Suíça é uma federação independente e seu sistema político é denominado "democracia direta". Isto significa que os residentes na Suíça exercem uma influência sem paralelo sobre quase todas as decisões políticas.O Matterhorn na Suíça

A Suíça quase não foi afetada pela crise financeira de 2008-2011 e graças ao baixo endividamento público é um dos poucos países com classificação de risco AAA (em EN).

A economia suíça, reconhecida por seus produtos de alta qualidade e inovações, é considerada uma das mais competitivas e avançadas do mundo. Tudo isto contribui para a posição da Suíça como um "porto seguro" no mundo.

Protegendo seus ativos em um banco privado estrangeiro

Ao guardar seus ativos em um banco privado suíço, você não apenas recebe excelentes serviços, mas também protege seus ativos.

Bancos podem falir: hoje em dia, até a infraestrutura financeira inteira de um país pode apresentar problemas. Existem também muitas regiões no mundo que são instáveis financeiramente ou politicamente. A diversificação geográfica do seu portfólio é, portanto, indispensável se você quer preservar seus ativos.

Além disso, a privacidade está diminuindo a cada ano em quase todos os países do mundo. Algumas pessoas simplesmente preferem manter a privacidade sobre a sua riqueza, mas para outras a sua segurança pessoal depende disso. Em muitas jurisdições, a segurança de uma família pode estar sob o risco de sequestros, roubos ou extorsões se o fato da família ser rica for de conhecimento público. As leis de sigilo bancário e proteção de dados na Suiça estão entre as mais rígidas do mundo.

A razão de dívida "Tier 1"

A razão de dívida Tier 1 de um banco privado é o melhor indicador da sua solidez financeira: quanto mais alta a razão de dívida Tier 1, mais seguro e estável é o banco. Antes da crise financeira de 2008, os reguladores financeiros exigiam uma razão muito baixa, de um dígito, dos bancos. Como consequência da crise financeira, agora se exige que os bancos tenham uma razão de dívida Tier 1 de no mínimo 9%. Por sua parte, o regulador financeiro suíço (FINMA) (em EN) exige que os bancos relevantes ao sistema financeiro suíço tenham uma razão de mais do que o dobro disso. (O UBP é um dos bancos privados melhor capitalizados do mundo).

Os melhores bancos privados

Na Suíça, existe um clube muito exclusivo de bancos privados melhor capitalizados que tem uma razão de dívida em excesso de 22%. Na maioria dos casos, estes bancos oferecem apenas serviços de banco privado. Estes bancos privados são os mais seguros e estáveis do mundo (em EN). Não só clientes pessoa física e (multi-) family offices suiços preferem trabalhar com estes bancos privados, como também gestores de ativos independentes dentro e fora da Suiça muitas vezes selecionam estes bancos privados melhor capitalizados como seus bancos custodiantes.

Quer saber mais sobre este assunto? Por favor, não hesite em entrar em contato conosco.

Author: , LLM, TEP
Este texto é uma tradução. Em caso de dúvidas, por favor consulte o texto original em inglês.
© Direito autoral


Próxima página: Download →‏